Menu
sao-paulo 2024

Blog Dia Mundial da Criatividade

O que acontece em São Paulo

Você está em Blog DMC > São Paulo

“Minha língua materna, o Guarani, me levou a criar esta marca”


banner dmc

conheça Lorena Marin, fundadora e designer da marca AMORGUARANI, e inspiradora confirmada no Festival Mundial de Criatividade. 

 

Como começou a sua relação com a criatividade? Ela está com você desde criança? 

 

Sempre fui ultra criativa, desde pequena, mas muito cedo fui estimulada por minha avó Marta e por meus pais, através das ideias que compartilho aqui… É preciso estimular atividades que ajudem a desenvolver a imaginação. Isso pode ser feito com pequenas intervenções simples no cotidiano das crianças. Para mim, como especialista em indústrias criativas, "falar em crianças na idade da Educação Infantil é, necessariamente, falar de brincadeira, também. O brincar não pode ter um papel secundário, precisa estar no centro de todas as ações com crianças dessa faixa etária, principalmente na escola, e também em casa”.

 

Algumas dicas que aprendi para estimular a criatividade nas crianças:

 

Invista no ambiente

Ter à disposição dos pequenos mobiliário e objetos que os convidem a se movimentar e a exercitar a própria imaginação e criatividade é fundamental, “Os recursos presentes convidam as crianças a interagir, despertam a curiosidade e promovem interações. Tudo isso é muito importante”

 

Use o bom e velho papel para despertar a criatividade

Justamente porque hoje as crianças estão constantemente expostas a telas, sejam do celular, do computador ou do tablet, promover brincadeiras que usem o papel é uma ótima ideia. “Usar papel é automaticamente associado a uma prática tradicional, mas é possível possibilitar novas experiências e vivências por meio desse tipo de atividade”. Em redes como o YouTube e o Pinterest há uma ampla variedade de ideias fáceis de reproduzir usando papel de vários tipos.

 

Incentive brincadeiras com música

Brincadeiras musicais são sempre um estímulo para que as crianças se movimentem de maneira livre e potente. “As brincadeiras cantadas são os encontros mais ricos porque funcionam mesmo como um chamado ao movimento. Esse tipo de brincadeira produz aprendizagens que dificilmente serão esquecidas”.

 

Isso tudo eu vivenciei na minha infância.

 

 

O que é a Moda Cultural? 

 

Moda cultural é a vestimenta com identidade e referência a alguns padrões com que você se identifica. No meu caso o Tear Guarani, faixas Mbya, acessório com grafismos indígenas, que são parte de minha origem e estão habilitadas para o consumo geral. E, por isso, não é apropriação, é compartilhar a arte e a simpatia pelo povo e assim não deixar apagar nossa maior herança da história (os povos originários e sua língua,  arte, e tudo..).

 

Como você criou a Moda Guarani? 

 

Nasceu como uma marca de Design moderno com conhecimento ancestral, que chegou para decorar seu espaço com audácia e sofisticação. Fundei a marca a partir de  reflexões e paixão por minha  formação e por minha língua materna, o "Guarani", que me levou a criar esta marca original de presentes indígenas, introduzindo as pessoas a um mundo criativo de Cocares, Cestaria e Bolsos de fibra Karanday natural,  tudo feito à mão e nas aldeias, de forma única e exclusiva! Nas peças se destaca o estilo boho minimalista, com ar tropical...

 

Estamos há 20 anos oferecendo esta arte. Nossas peças são produzidas artesanalmente por famílias de aldeias guaranis de todo o Brasil. Adquirindo peças Amor Guarani, você une estilo único, contribuindo para que a herança cultural indígena não seja apagada de nossas memórias. 

 

 

Quais mudanças você gostaria de ver no mundo/mercado da moda? 

 

Gostaria de ver mais espaço para marcas sérias como a nossa, onde possam deixar um legado, através do impulsionamento para marcas autorais. Gostaria de ver também mais mentoria, eu penso: "para que saber tanto se não pode passar para os outros" pratiquemos deixar legados... Eu por exemplo sou apaixonada pelo conhecimento de escala de pessoas como João Apolinário, J Semenzato, Caio Maia… me adote, por favor! Brincadeirinha criativa...