Menu
sao-paulo 2024

Blog Dia Mundial da Criatividade

O que acontece em Manaus

Você está em Blog DMC > Manaus

Mulher, negra, nordestina e ministra: Margareth Menezes, uma criativa, assume o Ministério da Cultura


banner dmc

Depois de ter seu fim decretado nos últimos anos, o Brasil não só voltará a ter um Ministério da Cultura no ano que vem, como terá Margareth Menezes a frente da pasta. De origem nordestina e com 40 anos de carreira, a cantora baiana conhecida como a musa do afropopbrasileiro aceitou a proposta para ser ministra da cultura a partir de 2023. (Foto: Kelly Fuzaro_GNT - Divulgação)

A futura ministra não é gabaritada apenas como referência cultural pelo número de shows e vendas ou indicações ao Grammy e Grammy Latino, mas pela bagagem com gestão de produção cultural, presidência de uma ONG com foco em educação, cultura e sustentabilidade e demais chancelas, como o fato de ser embaixadora da IOV-UNESCO (Organização Internacional de Folclore e Artes Populares) e o reconhecimento por ser uma das cem personalidades negras mais influentes do mundo em 2002, segundo a MIPAD/ONU (Most Influential People of African Descent).

Nascida em Salvador e aos 60 anos, Margareth Menezes expande o movimento de indicações de pessoas negras para ocupar o Ministério da Cultura, como quando o compositor e cânone da música baiana Gilberto Gil assumiu o cargo de 2003 a 2008. Outro feito com o qual a cantora contribuiu foi com a primeira edição do World Creativity Festival, realizado entre os dias 20 a 22 de abril de 2022 no bairro do Comércio, em Salvador.

Na ocasião, a artista participou do painel Cidade da Música, que ocorreu no dia 21 junto com as cantoras Larissa Luz e Rachel Reis. Menezes fez questão de exaltar a importância de Salvador como palco para a grande fusão cultural que resultou em um dos principais geradores e difusores da identidade da música brasileira, marcada por uma população extremamente criativa que elaborou diversos ritmos e gêneros ao longo de séculos de história que expressam história, protesto, celebração, conscientização, dança e impactam no turismo e economia regional.

captura_de_tela_2022_12_13_a_s_09_41_59_1

Foto da primeira gravação realizada por Margareth Menezes, em 1988

Festival Mundial da Criatividade - Ao todo, a primeira edição do Festival Mundial da Criatividade realizou extensa programação com palestras, painéis, shows, rodas de investimentos para startups, uma feira, exposição e a presença de personalidades da Economia Criativa. Aliás, um dos principais objetivos do Festival em si foi reunir diversas cabeças para pensar como tornar a Economia Criativa baiana algo ainda mais relevante no sentido do desenvolvimento socioeconômico local.

O sucesso foi tanto que se traduziu em uma nova edição, que terá programação expandida. O pré-lançamento foi em setembro de 2022. As datas são os dias 20, 21 e 22 de abril de 2023, com expectativa de dobrar o público, de 5 mil para 10 mil pessoas, em Salvador.

A World Creativity Organization, responsável pela realização do festival, deseja um jornada brilhante à nova ministra e espera que a Economia Criativa volte a ocupar um lugar de destaque sob a liderança criativa de Margareth Menezes.